A noção de "sentimento de vida" em Kant

Leandro José Rocha

Resumen


De acordo com este artigo, em Kant, há três modos de sentimento de vida: o animal, o humano e o espiritual. Os três modos de se sentir vivo estão relacionados com os casos do agradável, dos juízos estéticos e do bom. O sentimento de vida está relacionado com o prazer e o desprazer. A vida está relacionada com uma capacidade básica da alma de determinar suas forças. A alma sente uma representação, determinando suas forças para manter a presente representação ou dispersá-la. Na corporalidade do animal, tal efeito da alma é sentido como um prazer e como um desprazer. O prazer e o desprazer com uma representação são orientados pela concordância da representação com um plano oculto da natureza, o que remete a algo para além do mero animal que sente.


Palabras clave


Vida; Sentimento de vida; Prazer

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.1299554

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.
Utilizamos cookies propias y de terceros para realizar análisis de uso y de medición de nuestra web para mejorar nuestros servicios. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso.


Creative Commons by-nc 3.0 Logo

ISSN: 2386-7655

URL: http://con-textoskantianos.net

DOAJ LogoErih Plus LogoCitefactor logoredib Logo
LatIndex LogoISOC Logo MIAR Logo
SHERPA/RoMEO Logo
MLA LogoZenodo Logo
ESCI LogoEBSCO LOGOWeb of Sciencescopus logo