Kant e o sentimento moral

Darley Alves Fernandes

Resumen


Nosso objetivo no presente artigo é fazer uma análise geral do sentimento moral na filosofia moral kantiana estabelecendo relação com o tema da motivação moral. A estrutura do nosso argumento será dividida em três partes: (i) uma reconstrução histórico-conceitual do termo a partir do moral sense e especialmente de Hutcheson, sublinhando o aspecto desse filósofo que teve mais influência sobre Kant; (ii) investigamos a natureza estética do sentimento em Kant a partir da faculdade de prazer e desprazer; (iii) sublinhamos nossa defesa de que o sentimento é uma tentativa de explicação das demandas subjetivas necessárias ao agir moral, isto é, de que o sentimento moral explica a atitude disposicional do sujeito em relação a lei moral.

 


Palabras clave


Sentimento moral; moral sense; motivo; consciência moral

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.1299549

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.
Utilizamos cookies propias y de terceros para realizar análisis de uso y de medición de nuestra web para mejorar nuestros servicios. Si continua navegando, consideramos que acepta su uso.


Creative Commons by-nc 3.0 Logo

ISSN: 2386-7655

URL: http://con-textoskantianos.net

DOAJ LogoErih Plus LogoCitefactor logoredib Logo
LatIndex LogoISOC Logo MIAR Logo
SHERPA/RoMEO Logo
MLA LogoZenodo Logo
ESCI LogoEBSCO LOGOWeb of Sciencescopus logo